Teste de tolerância a lactose

Este post foi visto 1536 vez(es).

Tempo de Jejum:

Adulto: 8 horas de jejum, com máximo de 14 horas.

Crianças: Intervalo entre as mamadas, ou 4 horas de jejum.

Orientações:

– Não tomar laxante na véspera do exame;

– Informar ao cliente que a ingestão de lactose pode, em alguns casos, desencadear cólicas e diarreia;

– Não realizar o teste em caso de diarreia no dia do exame ou até dois dias anteriores a realização do exame;

– É necessário a permanência no laboratório durante 60 minutos, pois são feitas três coletas durante a curva do exame. Antes da ingestão da lactose, 30 minutos após a ingestão e 60 minutos.

Comentários:

Intolerância à lactose é o nome que se dá à incapacidade parcial ou completa de digerir o açúcar existente no leite e seus derivados. Ela ocorre quando o organismo não produz, ou produz em quantidade insuficiente, uma enzima digestiva chamada lactase, que quebra e decompõe a lactose, ou seja, o açúcar do leite.

Como consequência, essa substância chega ao intestino grosso inalterada. Ali, ela se acumula e é fermentada por bactérias que fabricam ácido lático e gases, promovem maior retenção de água e o aparecimento de diarreias e cólicas.

É importante estabelecer a diferença entre alergia ao leite e intolerância à lactose. A alergia é uma reação imunológica adversa às proteínas do leite, que se manifesta após a ingestão de uma porção, por menor que seja, de leite ou derivados. A mais comum é a alergia ao leite de vaca, que pode provocar alterações no intestino, na pele e no sistema respiratório (tosse e bronquite, por exemplo).

A intolerância à lactose é um distúrbio digestivo associado à baixa ou nenhuma produção de lactase pelo intestino delgado. Os sintomas variam de acordo com a maior ou menor quantidade de leite e derivados ingeridos.

Pesquisas mostram que 70% dos brasileiros apresentam algum grau de intolerância à lactose, que pode ser leve, moderado ou grave, segundo o tipo de deficiência apresentada.

.

//CANAL DE VÍDEOS

//ASSESSORIA CIENTÍFICA

O Laboratório Carvalho mantém uma equipe de Bioquímicos à disposição de médicos e laboratórios conveniados para esclarecer dúvidas sobre os testes disponíveis e discutir casos clínicos, resultados e indicações de exames laboratoriais. Essa equipe também é responsável pela pesquisa de novas metodologias e participação nos processos de validações de ensaios laboratoriais.